Artilheiro sorri e garante vitória santista

Artilheiro sorri e garante vitória santista

Com dente novo, Kléber Pereira acaba com o Bugre e redime Peixe no Paulistão

manchete-santos-1.jpg

Enfim, o Santos respira. E graças a Kléber Pereira, que esbanjou um novo sorriso. Na última quarta-feira, ele perdeu um dente ao levar cotovelada de Domingos durante o treino. Mas isso não atapalhou o artilheiro, que, com dente novo, garantiu a vitória do Peixe por 3 a 1 sobre o Guarani, nesta quinta-feira à noite, na Vila Belmiro.

Kléber marcou dois (o segundo de placa) e ainda fez a jogada do gol de Wesley. O resultado tira o Peixe da zona de rebaixamento do Paulistão 2008. É a primeira vez no ano que o Santos marca três gols no ano.

O Alvinegro vai a 11 pontos e ocupa agora a 16ª posição. Já o Guarani afunda. Tem dez pontos e está na última colocação na tabela.

Confira a tabela dinâmica do Paulistão 2008

Próximos jogos
Santos Ituano, domingo, às 18h10m (horário de Brasília), na Vila Belmiro
Guarani Portuguesa, domingo, às 18h10m , em São José dos Campos
Com três atacantes, os gols

Sob pressão, o Santos mudou sua postura em campo. Ao contrário do que vinha acontecendo nos últimos jogos, o time esteve mais aceso, marcando as saídas de bola do Guarani e buscando o gol. Claro, como todo o time que vive sob pressão, falhas foram cometidas, sobretudo na marcação de meio-de-campo.

Mas do meio para a frente, houve melhora. Com três atacantes, o Alvinegro conseguiu trocar bons passes até chegar ao seu gol. Aos 16, O lateral Dênis cruzou da direita e achou Kléber Pereira na área. O artilheiro, de primeira, escorou de pé direito e abriu o placar. Com Wesley e Trípodi ao seu lado, dividindo a atenção dos zagueiros, Kléber jogou soltou, dando muito trabalho.

Após o gol, o Guarani saiu mais e deu espaços para o Peixe. No entanto, o time alvinegrou pecou demais nos passes. Principalmente o atacante Wesley, que errou tanto que passou a ser implacavelmente marcado pela torcida. Cada vez que pegava na bola, o garoto era vaiado.

Aos 40, Wesley teve a primeira chance para se redimir. Ele fez boa jogada pela esquerda e cruzou na cabeça de Trípodi. O argentino, que fez sua estréia pelo Santos, cabeceou em cima do goleiro Gesiel. Esse foi o único lance de maior perigo criado pelo reforço no primeiro tempo.

Já aos 46, Wesley não perdoou. Kléber Pereira, melhor santista em campo, foi lançado por Rodrigo Souto na direita e cruzou rasteiro. O menino da Vila só completou, com o pé direito, para o gol vazio. Para desabafar, o atacante chorou. A torcida que vaiava, aplaudiu.

Mas para o técnico Emerson Leão, nada de aplausos. Mesmo com os gols, o treinador foi para o vestiário ouvindo:

– Leão, pede (sic) demissão!

banner-sempresantos.jpg

Kléber: de placa

O segundo tempo começou a todo vapor. Com o Santos apertando e o Guarani respondendo nos contra-ataques. Aos cinco, Trípodi perdeu uma grande chance. Dênis cruzou da direita e o argentino subiu com estilo, cabeceou para o chão, mas errou o alvo. A bola passou à esquerda.

Aos nove, o Bugre respondeu. Paulo Santos invadiu a área e foi derrubado por Marcinho Guerreiro. Pênalti que o próprio Paulo Santos, aos dez, bateu firme, de pé direito, sem chance para Fábio Costa.

Após o gol do Bugre, o ritmo da partida diminuiu. Os times passaram a cometer muitas faltas e errar passes, transformando a partida numa pelada.

Como tocar a bola estava difícil, Kléber Pereira resolveu sozinho. Aos 28, ele pegou a bola na intermediária, passou por Marcinho e pelo goleiro Gisiel, antes de empurrar para o gol. Uma linda jogada, um golaço (assista no vídeo acima).

O Peixe teve de terminar o jogo com um jogador a menos, pois Adaílton se machucou quando Leão já havia feito as três alterações. O Bugre tentou apertar, mas não conseguiu diminuir.

Apesar da vitória, uma parte dos torcedores continuou pedindo a demissão do treinador santista. Vai ser duro para Leão convencer os alvinegros.

SANTOS 3 x 1 GUARANI  
Fábio Costa
Dênis
Adaílton
Betão
Carleto
Marcinho Guerreiro
Rodrigo Souto
Molina (Paulo Henrique)
Trípodi (Tiago Luís)
Kléber Pereira
Wesley (Quiñonez)
T: Emerson Leão
Gisiel
Lucas (Henrique)
Danilo Silva
Xandão
Roque (Jonatas)
João Paulo
Roger Bernardo
Marcinho
Paulo Santos
Fábio Pinto (Andrezinho)
Juliano
T: Jair Picerni

Gols: Kléber Pereira, aos 16, Wesley, aos 46 minutos do primeiro tempo; Paulo Santos, aos 10, Kléber Pereira, aos 28 minutos do segundo tempo
Cartões amarelos: Marcinho Guerreiro, Kléber Pereira (Santos), Lucas, Roger Bernardo (Guarani)
Cartão vermelho:
Árbitro: Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral
Auxiliares: Mário Luiz Augusto e Alex Alexandrino
Data: 21/2/2008
Estádio: Vila Belmiro, em Santos (SP)
Renda: R$ 43.685,00
Público: 3.469 pagantes

banner-sempresantos.jpg

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: