Émerson Leão é agredido em visita a seu ex-clube, o Santos.

Leão não suportou as criticas dos torcedores

Câmeras mostram agressão a Leão

Assista ao vídeo em que o treinador sofre com a violência de alguns torcedores

O circuito interno de segurança registrou a agressão que começou quando o ex-técnico deixava a Vila Belmiro.

Para se proteger, o ex-técnico do Santos voltou para dentro do clube. Ao tentar pular a catraca, caiu de costas.  Ele ficou no estádio até a chegada da polícia e só aí seguiu para a delegacia para registrar um boletim de ocorrência.

“Quando eu estava me dirigindo à saída, de costas, eu fui agredido. Quando eu virei tinha um ex-segurança do Santos de nome Castelão. Ele foi mandado embora do Santos por ter brigado dentro do vestiário com outro segurança, juntamente com alguns componentes da torcida Jovem, dita pelos funcionários do Santos, não pó mim porque eu não os conheço. Tentaram me agredir e eu tentei me defender”, explica Leão, ex-técnico do Santos.

No braço do treinador uma marca da violência e nas mãos do policial uma barra que chegou a ser arremessada contra Leão. “Se pega em mim, eu não estaria dando entrevista pra você. E isso é mais lamentável do que qualquer coisa. É um despreparado e quem está despreparado não pode viver ao lado da sociedade”, fala Leão.

Segundo o técnico, oito homens participaram da agressão, mas apenas um foi identificado até o momento e ainda não foi preso.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: