Camisa Comemorativa do ROBINHO!

Sempre Santos sorteia Duas Camisas autografadas pela Rainha Marta!

SORTEIO DE DUAS CAMISAS AUTOGRAFADAS PELA MARTA

A loja Oficial do Santos esta com uma Promoção incrivel!

Os clientes que efetuarem pedidos durante o mês de outubro de 2009 concorrem a duas camisas autografadas pela rainha Marta!
No dia 02/11/09 sortearemos uma camisa masculina tamanho G e uma camisa feminina tamanho M do Santos F.C., com os patrocínios do futebol feminino e com autógrafo da melhor jogadora de futebol do mundo.
Todos os pedidos efetuados entre 01 e 31 de outubro de 2009 já estão participando.

Participe Agora! Veja mais: Clique Aqui

Émerson Leão é agredido em visita a seu ex-clube, o Santos.

Leão não suportou as criticas dos torcedores

Câmeras mostram agressão a Leão

Assista ao vídeo em que o treinador sofre com a violência de alguns torcedores

O circuito interno de segurança registrou a agressão que começou quando o ex-técnico deixava a Vila Belmiro.

Para se proteger, o ex-técnico do Santos voltou para dentro do clube. Ao tentar pular a catraca, caiu de costas.  Ele ficou no estádio até a chegada da polícia e só aí seguiu para a delegacia para registrar um boletim de ocorrência.

“Quando eu estava me dirigindo à saída, de costas, eu fui agredido. Quando eu virei tinha um ex-segurança do Santos de nome Castelão. Ele foi mandado embora do Santos por ter brigado dentro do vestiário com outro segurança, juntamente com alguns componentes da torcida Jovem, dita pelos funcionários do Santos, não pó mim porque eu não os conheço. Tentaram me agredir e eu tentei me defender”, explica Leão, ex-técnico do Santos.

No braço do treinador uma marca da violência e nas mãos do policial uma barra que chegou a ser arremessada contra Leão. “Se pega em mim, eu não estaria dando entrevista pra você. E isso é mais lamentável do que qualquer coisa. É um despreparado e quem está despreparado não pode viver ao lado da sociedade”, fala Leão.

Segundo o técnico, oito homens participaram da agressão, mas apenas um foi identificado até o momento e ainda não foi preso.

‘Kléberdependência’ não incomoda Márcio Fernandes

Divulgação/Site Oficial do Santos

Márcio Fernandes não vê problema na ‘Kleberdependência’

Dos 28 gols do Santos no Brasileirão, 17 foram marcados por Kléber Pereira. Isso significa que o artilheiro da competição é responsável por 60,7% dos gols de sua equipe. Um número espantoso. Pode-se dizer que o Peixe vive uma “kleberdependência”. Algo que pode parecer perigoso, pois nem sempre o artilheiro estará em campo. No entanto, o técnico Márcio Fernandes não liga para isso.

Aliás, ele admite que a ordem vem do banco. Os jogadores do Santos pegam a bola e já buscam o artilheiro. Ele é tão acionado que, muitas vezes, é pego desprevenido. No confronto contra o Vitória, na última quarta-feira, ele foi flagrado em posição de impedimento nove vezes. Ainda assim, marcou os dois gols da vitória alvinegra por 2 a 0.

– É natural que isso aconteça. É como os times por onde o Romário passava. O artilheiro sempre é procurado por seus companheiros. O time confia no Kléber e ele não tem decepcionado – afirma o treinador.

Kléber diz que não se apega a números. Sabe que é importante para o time, mas admite que não havia percebido que é tão fundamental.

– Eu deixo os números para a imprensa. Eu procuro apenas entrar em campo e ajudar o time. Estou sendo feliz – comemora.

Fonte: Globo Esporte

Kaká entra na mira do City

Divulgação/AcMilan.com

Kaká está na mira do Milan

O empresário Al-Fahim, presidente do consórcio árabe que comprou o Manchester City, parece realmente não ter limite para seus sonhos. Depois de revelar que deseja contratar Cristiano Ronaldo, o magnata está disposto a fazer uma mega oferta pelo meia Kaká, do Milan, que poderia, desse modo, se juntar a Robinho, Elano, Jô e companhia no “primo pobre” do United na próxima temporada.

Segundo o jornal “Daily Telegraph”, o valor da proposta ainda está sendo estudado, mas especula-se que seja muito superior aos € 100 milhões (cerca de R$ 250 milhões) oferecidos pelo Chelsea por Kaká que foram recusados pelos dirigentes do clube italiano.

Segundo a assessoria de imprensa o ex-são-paulino, nenhuma proposta ou sondagem chegou nas mãos do craque que, recentemente, renovou com o Milan até 2013. Além de Kaká, o Manchester City também tem interesse em Ronaldo que, sem clube, mantém a forma no Flamengo.

Recuperado

Em meio as especulações, Kaká já treina normalmente no Milan e está totalmente recuperado de uma tendinite no joelho esquerdo. O jogador tem retorno garantido para o jogo contra o Genoa, no próximo dia 14 de setembro, pela segunda rodada do Campeonato Italiano.

Fonte: Globo Esporte

Santa Cruz bate recorde negativo ao sofrer terceiro rebaixamento seguido

Michel Lima/Editoria de Arte

A Cobra Coral desceu três divisões desde 2006

O Santa Cruz conseguiu um feito inédito na história do futebol brasileiro: ser rebaixado por três anos consecutivos. O time pernambucano, que estava na Primeira Divisão em 2006, jogou a Segundona em 2007 e a Terceirona neste ano. Com uma campanha ruim, não conseguiu ficar entre os 20 que disputarão a reformulada Série C do ano que vem. Sobrou para ele a recém-criada Série D – isso se conseguir se classificar, segundo critérios que ainda serão adotados pela Federação Pernambucana.

O rebaixamento foi confirmado nesta quarta-feira, a uma rodada do fim da segunda fase, com a goleada do Caxias sobre o Brasil de Pelotas.

– Era mais fácil chover dois meses no sertão do que o Santa Cruz sair dessa – resignou-se o volante Alexandre Oliveira, ao saber do resultado em Caxias do Sul.

O Santa Cruz, fundado em 1914, já conquistou o Campeonato Pernambucano 24 vezes (mais do que o Náutico, que tem 21 títulos, e menos do que o Sport, com 37). O time ocupa a 21ª colocação do ranking da CBF, logo à frente do rival Náutico, que está na Primeira Divisão.

Queda livre tem sido freqüente no Brasileirão

Despencar da Primeira para a Terceira Divisão em apenas dois anos tem sido freqüente no Campeonato Brasileiro. A maldição nos últimos anos começou com o Criciúma, que foi rebaixado em 2004 e em 2005. O segundo foi o Paysandu, com quedas em 2005 e 2006. O Santa Cruz passou pelo mesmo processo e ainda deu azar de ver o poço ficar mais fundo, com a criação da Série D.

Dois times podem manter a fila andando. Paraná e América-RN, que deram adeus à elite em 2007, estão mal na Série B deste ano. O primeiro já está entre os quatro últimos colocados (em 18º lugar), e o segundo tem boas chances de entrar na zona de rebaixamento na noite de sexta-feira.

Reprodução/Reprodução

Site do Santa exibe mensagem de apoio após o rebaixamento no ano passado

Apenas a partir de 2001 o Campeonato Brasileiro viu se estabilizarem o sistema de rebaixamento e a disputa em três divisões. Antes disso, era comum a competição não ter times rebaixados ou sofrer viradas de mesa. O Fluminense, assim como acontece agora com o Santa Cruz, também teve três rebaixamentos seguidos (1996 e 1997 na Série A e 1998 na Série B), mas só os dois últimos valeram.

A CBF já divulgou o calendário para a temporada de 2009, com a inclusão da Série D. A competição – assim como acontecia com a Série C até este ano – terá seus times determinados por critérios das federações estaduais.

Fonte: Globo Esporte

Dia de treino de Ronaldinho tem pose indiscreta e drible no chefe

Agência/EFE

Ronaldinho Gaúcho, Júlio Baptista e Dunga fazem alongamento no início de um dos treinamentos desta quarta-feira na Granja Comary

Agência/EFE

O craque suou nos preparativos para o jogo deste domingo, contra o Chile, em Santiago

Agência/EFE

Com a bola nos pés, Ronaldinho arriscou até um drible no técnico Dunga